TEXTOS AUTORAIS

Todos os textos aqui publicados são de autoria de Ala Voloshyn.
Direitos autorais são protegidos pela Lei 9.610, de 19 de Fevereiro de 1968.

ONDE MAIS O QUE ESCREVO É LIDO

* Jornal Enfim: desde 2010
http://jornalenfimscs.wix.com/jornal



PESQUISE ESTE BLOG

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Prevendo o Futuro

Não é preciso ter poderes especiais para prever o futuro. É necessário sim, poder de observação e reflexão.
Partindo do pressuposto que tudo evolui, se percebermos o estado de alguma situação poderemos prever o sentido de sua evolução.
Usando como exemplo o caso Eloá. Quem não se lembra? Sabemos que Lindemberg sempre foi muito ciumento, com forte poder de persuasão e manipulação. Aproximou-se de um dos irmãos da garota para poder conquistá-la, controlava seus atos e a afastava de outros garotos. Um namoro que durou pouco mais de dois anos já anunciava que algo não estava indo bem. Se limites claros e contínuos fossem dados, se suas ações fossem frustradas, se a gravidade do ciúme fosse percebida, se Eloá não alimentasse sua paranoia, mantendo-se passiva, provavelmente os aspectos nocivos desta relação teriam perdido sua força.
Mas mesmo assim, quem poderia prever exatamente o fim trágico? Exatamente como aconteceu quase ninguém, mas por precaução poder-se-ia prever que a relação estava evoluindo de forma negativa e que, com certeza, se agravaria.
É importante ressaltar que tudo evolui com as mesmas características do seu inicio. Se não houver mudança crescerão em força. Se for algo positivo melhorará cada vez mais. Mas se for algo negativo, se agravará ao passar do tempo. Isso não muda! É assim para tudo.
Sabendo–se disso pode-se interferir, quando necessário, de maneira mais urgente e atenta, sem permitir que tudo se agrave causando a perda total do controle. Mas se o caminho é positivo, onde tudo evolui gerando harmonia, aumento de consciência e auto-domínio, então é preciso cuidar para que não se degenere. Por isso são tão importantes a observação, reflexão, poder de previsão por dedução lógica e ação precisa.
Nada muda se não houver interferência. Portanto, não deixe para amanhã o que pode fazer hoje. Tome providências agora para modificar o que não vai bem em sua vida e preservar o que é benéfico e importante, para que você possa viver cada vez melhor.

© Direitos reservados a Ala Voloshyn

2 comentários:

  1. Ufa! Que satisfação me apropriar desse belessimo texto, que quase sempre me alimento qdo a fragilidade bate. Hoje, nossa, as lágrimas correram no meu rosto, precisa saber disso, que preciso interfirir diretamente na minha vida para mudar coisa q me faz mal...
    Querida, eh bom demais interagir com vc, adoro como vc se expressa... Aqui difinitivamente é o meu doce refugio, rs
    Voltarei... Um forte abraço e mta saude mental para vc. Um bju!

    ResponderExcluir
  2. Oi Ala,

    Parabéns pelo Blog e pela clareza com que aborda as questôes nevrálgicas da nossa sociedade e do comportamento humano.

    Bj

    Mario Mastrotti

    ResponderExcluir

ARQUIVO DO BLOG

NOTA

As fotos utilizadas neste blog são da web ou de amigos, como Bell Felipe, Jac Rizzo (http://jacrizzo.blogspot.com), Adriane (http://tramasecacos.blogspot.com). As telas de pintura são de minha autoria.