TEXTOS AUTORAIS

Todos os textos aqui publicados são de autoria de Ala Voloshyn.
Direitos autorais são protegidos pela Lei 9.610, de 19 de Fevereiro de 1968.

ONDE MAIS O QUE ESCREVO É LIDO

* Jornal Enfim: desde 2010
http://jornalenfimscs.wix.com/jornal



PESQUISE ESTE BLOG

domingo, 8 de fevereiro de 2009

Sinto Muito

Ferindo meus sentimentos quer me vencer, dominar, manter-me prisioneira de seus caprichos.
Quer que acredite que sou menor, inferior, incapaz.
Se eu acreditar estarei só, longe de minha alma e infeliz.
Se não acreditar estarei livre, protegerei minha alma e a farei crescer.
Que pena transformarmos nosso encontro em desencontro!
Poderia ser diferente se o poder não fosse tão importante.
Poderia ser diferente se a sinceridade e a coragem de amar fossem maiores.
Que pena!
Eu sinto muito.

© Direitos reservados a Ala Voloshyn

Teu Sofrer

Quando te vejo sofrer lembro-me do meu sofrer, das minhas dores, das lágrimas que não escorrem e se guardam em meu coração.
Se parar de sofrer, também me esquecerei do meu sofrer, mas se voltar, sofreremos juntos até cansarmos e desejarmos deste estado sair. Aí então, as lágrimas escorrerão, as feridas aparecerão e as curaremos com o amor que nos resta no coração.
Amar ou destruir? Dúvida em vão.
Amar sempre, para curar e não ferir.
Aos deuses peço ajuda e sou atendida em silêncio, porém pareço estar só, mas sei que não estou. Afinal, ninguém que sofre está, apenas precisa deixar que o tempo amadureça os motivos para buscar a felicidade, curando assim as dores que insistem em mostrar o caminho do amor sem solidão.

© Direitos reservados a Ala Voloshyn

ARQUIVO DO BLOG

NOTA

As fotos utilizadas neste blog são da web ou de amigos, como Bell Felipe, Jac Rizzo (http://jacrizzo.blogspot.com), Adriane (http://tramasecacos.blogspot.com). As telas de pintura são de minha autoria.