TEXTOS AUTORAIS

Todos os textos aqui publicados são de autoria de Ala Voloshyn.
Direitos autorais são protegidos pela Lei 9.610, de 19 de Fevereiro de 1968.

ONDE MAIS O QUE ESCREVO É LIDO

PESQUISE ESTE BLOG

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Um Jeito Estranho de Amar


Jeito estranho de amar
Misto de dor e prazer
Alegria e tristeza
Medo e solidão

De tanto amor o desejo de prender é maior
Prender pra não perder
Prender pra não doer

Quanto mais prende
Mais dor sente

Sufoca

Perde

Infinito sofrer

Quem assim ama não entende
Que amor não sente

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ARQUIVO DO BLOG

NOTA

As fotos utilizadas neste blog são da web ou de amigos, como Bell Felipe, Jac Rizzo (http://jacrizzo.blogspot.com), Adriane (http://tramasecacos.blogspot.com). As telas de pintura são de minha autoria.