TEXTOS AUTORAIS

Todos os textos aqui publicados são de autoria de Ala Voloshyn.
Direitos autorais são protegidos pela Lei 9.610, de 19 de Fevereiro de 1968.

ONDE MAIS O QUE ESCREVO É LIDO

PESQUISE ESTE BLOG

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Um Tempo para Alguém

Tempos difíceis, todos dizem e afirmam. Não há tempo para nada, é só correria!
Assim passamos nossos curtos dias, mergulhados em tarefas e compromissos tentando atingir metas muitas vezes infundadas em nossa verdadeira realidade. Precisamos chegar a algum lugar que não almejamos, mas aprendemos a querer. Loucura total!
Não há tempo para ouvir, esperar, abraçar, refletir. Mas quem determinou isto? Nós mesmos. Por aprendizagem ou escolha, mas nós decidimos viver assim e não percebemos quem está a nossa frente.
Quanto tempo dedicamos a alguém? Precisamos de pouco, mas o suficiente para ouvir, sentir, responder. Geralmente tudo nos passa desapercebido, a não ser que venha como uma bomba através de alguma notícia catastrófica! Estamos perdendo nossa sensibilidade para o simples e verdadeiro.
Todos carentes de gente! Todos carentes de contato, de comprometimento.
Basta um pouco, uma parada, um perguntar “como você está?” Estou certa que a resposta virá! Então é só ouvir, se importar com a história do outro. Não importa que história seja, contanto que seja do outro.
Dedicar um tempo para a solidariedade, para aconchegar, dividir, dar uma opinião, desde que seja sincera e pronto! Está feito! Todos se sentem felizes, quem dá e quem recebe. É fácil, basta querer, basta dar valor ao que é natural e fraterno. Sem esperar recompensa, pois o que vale é se importar com alguém.

© Direitos reservados a Ala Voloshyn

Ilustração: Foto da Fundação das Artes de São Caetano do Sul

ARQUIVO DO BLOG

NOTA

As fotos utilizadas neste blog são da web ou de amigos, como Bell Felipe, Jac Rizzo (http://jacrizzo.blogspot.com), Adriane (http://tramasecacos.blogspot.com). As telas de pintura são de minha autoria.