TEXTOS AUTORAIS

Todos os textos aqui publicados são de autoria de Ala Voloshyn.
Direitos autorais são protegidos pela Lei 9.610, de 19 de Fevereiro de 1968.

ONDE MAIS O QUE ESCREVO É LIDO

* Jornal Enfim: desde 2010
http://jornalenfimscs.wix.com/jornal



PESQUISE ESTE BLOG

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

Consigo Sentir Seu Fantasma


Consigo sentir seu fantasma rondando meu quarto, uma brisa fria não me deixa dormir. O ritmo descompassado do meu coração acusa sua presença que não percebe meu olhar. Uma lágrima derrama um punhado de dor que não foi possível curar,  mostra um sentimento de pesar pelo tempo perdido, interrompido pelo preconceito, orgulho e desamor. 
   É tão simples não amar, é só se prender a si mesmo e roubar do outro a vida que deseja traçar, mas também é simples amar, é só se desprender de si mesmo e respeitar a vida que o outro deseja traçar.
    Deixo de respirar quando seu fantasma ronda meu quarto, não temo, mas não gosto, e assim, apoiada na dor, faço um plano para curar meu coração descompassado. Acredito que voltarei a dormir e sonhar, apesar de seu fantasma a me rondar.

© Direitos reservados a Ala Voloshyn


Fonte da Ilustração: www.downloadswallpapers.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ARQUIVO DO BLOG

NOTA

As fotos utilizadas neste blog são da web ou de amigos, como Bell Felipe, Jac Rizzo (http://jacrizzo.blogspot.com), Adriane (http://tramasecacos.blogspot.com). As telas de pintura são de minha autoria.