TEXTOS AUTORAIS

Todos os textos aqui publicados são de autoria de Ala Voloshyn.
Direitos autorais são protegidos pela Lei 9.610, de 19 de Fevereiro de 1968.

ONDE MAIS O QUE ESCREVO É LIDO

PESQUISE ESTE BLOG

sábado, 17 de julho de 2010

O Tempo Não Cura


O tempo não cura ferida aberta
O cuidado cura

É preciso limpar bem o local machucado
Até que toda sujeira desapareça
Colocar remédio e band-aid

Se for profunda precisará de alguns pontos também
A cicatriz ficará, mas a ferida não

O tempo não cura ferida aberta

Se não for curada infecciona
Cria pus
Aumenta com o tempo
Compromete o organismo
Tudo piora

O tempo não cura ferida aberta
O cuidado cura

© Direitos reservados a Ala Voloshyn

4 comentários:

  1. Esperamos do outro, do tempo, de tudo que está fora de nós; meios para solucionar nossas feridas abertas...
    Porém, não adianta.
    É preciso que as encaremos, realizemos a necessária assepsia, coloquemos remédio; e com carinho, cuidado e o tempo, virá a cura.
    Fácil? Não, mas é preciso.
    Obrigada por compartilhar mais este belíssimo texto.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  2. Querida, Regina

    Nos resta trabalhar, trabalhar, trabalhar e assim o tempo estará a nosso favor.

    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Nossa Mestra!
    curas... vivo em busca delas.
    Hoje aqui encontro uma palavra saiba,
    "abertas elas não curam..."
    Isso é lógico mas muitas vezes queremos
    que as feridas sejam curadas antes mesmo de ser
    abertas.
    Hum!!! obrigada por deixar belas mensagens. amo.

    ResponderExcluir
  4. Querida, Simone.

    A pressa não é o melhor caminho.

    Beijo

    ResponderExcluir

ARQUIVO DO BLOG

NOTA

As fotos utilizadas neste blog são da web ou de amigos, como Bell Felipe, Jac Rizzo (http://jacrizzo.blogspot.com), Adriane (http://tramasecacos.blogspot.com). As telas de pintura são de minha autoria.