TEXTOS AUTORAIS

Todos os textos aqui publicados são de autoria de Ala Voloshyn.
Direitos autorais são protegidos pela Lei 9.610, de 19 de Fevereiro de 1968.

ONDE MAIS O QUE ESCREVO É LIDO

PESQUISE ESTE BLOG

quarta-feira, 29 de maio de 2013

Como uma Bordadeira


A vida de cada ser humano é uma caminhada particular e intransferível. Fica fácil pensar que o outro deve ser uma extensão de nós. Fica fácil pensar assim, mas é uma ilusão. Entender o estado interno de quem é diferente é uma tarefa que requer esforço e um mínimo de sensibilidade. Cada um tem seus recursos e suas dificuldades que em situações limite ficam evidentes. Ser verdadeiro com o outro nem sempre é possível pela lacuna que às vezes se forma nas diferenças, mas ser verdadeiro consigo mesmo faz diferença. Procurar se entender é um passo importante, mas esperar que o outro entenda já é pedir demais em certos momentos. Então o que fazer? Explicar? Só se alguém quiser ouvir, mas se não quiser, o jeito é aguentar o julgamento e seguir em frente. Não se pode, nem se deve, contentar a todos, pelo menos é melhor estar em paz lá no fundo do próprio coração e deixar que através do tempo sejam gerados novos resultados.

É comum pensarmos que sabemos o que é melhor para o outro e por isso interferimos desviando-o de suas opções, mas viver e deixar viver, talvez seja mais digno. Cada um precisa ter a oportunidade de aprender com suas escolhas, como uma bordadeira que com sua agulha e linha borda com atenção e refaz seus pontos toda vez que erra. Fazer e refazer quantas vezes forem necessárias sem palpites alheios. Cada bordadeira tem o direito de cuidar do seu bordado da forma que achar melhor. Cada qual tem o direito de viver o que escolhe da forma que achar melhor. Todos temos o direito de sermos como uma bordadeira.

© Direitos reservados a Ala Voloshyn

Fonte da Ilustração: Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ARQUIVO DO BLOG

NOTA

As fotos utilizadas neste blog são da web ou de amigos, como Bell Felipe, Jac Rizzo (http://jacrizzo.blogspot.com), Adriane (http://tramasecacos.blogspot.com). As telas de pintura são de minha autoria.